O que é Plant-Based?
Compartilhe

O que é Plant-Based?

100 Foods

11 fev , 2021

Os estilos de vida Vegano e Plant-Based são bastante confundidos, mas o Plant-Based vai um pouco mais além.

Para quem segue essa filosofia não tem segredo. A alimentação é toda a baseada em legumes, verduras, grãos, castanhas e frutas, evitando coisas processadas ou artificiais. É trazer da terra/natureza para o prato, criando uma conexão maior com o alimento, sabores e nutrientes em sua forma mais natural.

Nós da 100 Foods nascemos com um único objetivo: disseminar a alimentação saudável pelo mundo. Por isso, te apresentamos mais esse estilo de vida que mostra fazer bem para você e para o planeta. No decorrer deste texto, te mostraremos o que os estudos trazem sobre o conceito Plant-Based.

A Oxford School publicou um artigo que, se houvesse uma mudança global para dietas que dependessem menos da carne e fosse à base de frutas e vegetais até 2050, poderia salvar até oito milhões de vidas anuais que sofrem por conta de doenças como: cardíacas, infartos, diabetes, e alguns tipos de câncer. Fora, a economia com a saúde e a emissões de gases do efeito estufa.

 

 

Mas o que tem haver a emissão de gases?

Os estudos apontam que o principal problema está relacionado à pecuária, elevando à emissão de gás metano, que é gerado a partir das fezes dos animais, e também da derrubada de florestas que dão lugar aos pastos.

Por conta disso, o consumo de água da pecuária também é elevado: são necessários 2.500 litros de água potável para produzir apenas um quilo de carne bovina.

Estima-se que mais da metade da produção mundial de grãos, não é destinada ao consumo humano, mas, sim, aos animais.

Fonte: Organização das Nações Unidas

Existe um documentário que ilustra bem esse contexto, chamado “Cowspiracy: o segredo da sustentabilidade”, dos diretores Kip Andersen e Keegan Kuhn, e produzido por Leonardo DiCaprio. Ele mostrar os reais impactos da indústria para o meio ambiente e coloca em questão a sua relação com o aquecimento global.

Outro documentário bem interessante que vocês pode assistir é o What The Health. Ele também foi desenvolvido por Kip Andersen e Keegan Kuhn.

A estrutura do longa tem como base apresentar estudos e teorias publicados em periódicos médicos, relacionando os grandes elementos prejudiciais à saúde com a indústria alimentícia.

Como conseguir todos os nutrientes com a filosofia Plant-Based?

As principais preocupações em uma dieta à base de plantas são em relação às proteínas, cálcio, vitamina B12 e vitamina D. Mas antes de tudo, lembre-se: consulte sempre um nutricionista para saber se esse é o tipo de alimentação que irá nutrir seu corpo da melhor forma.

Proteínas: consuma leguminosos e castanhas (feijões, grão de bico, lentilhas e amêndoas).

Cálcio: Inclua na sua alimentação vegetais folhosos, grãos, sementes, feijões e similares. Você terá média de 1000 a 1200mg por dia que nosso corpo precisa.

Vitamina B12: é possível obter a vitamina B12 a partir de alimentos e suplementos fortificados. Ela é produzida em laboratório e não tem qualquer relação com ingredientes de origem animal.

Vitamina D: nós conseguimos produzi-la em nosso próprio corpo. Precisamos apenas contato moderado com a luz do sol e nosso organismo toma conta de todo o resto, produzindo 90% da vitamina necessária.

 

Se alimentar dessa forma é caro?

Confira aqui algumas receitas que preparamos.