Pandemia fez as pessoas se alimentarem melhor
Compartilhe

Pandemia fez as pessoas se alimentarem melhor

100 Foods

22 mar , 2021

A demanda por produtos à base de plantas e mais sustentáveis vêm aumentando à medida que a população se conscientiza dos impactos causados no meio ambiente e na saúde pelos produtos que estávamos acostumados a consumir.

 

O ano de 2020 e a pandemia do coronavírus, sem dúvidas, ajudaram a impulsionar o mercado plant-based, isso combinado à inovação e tecnologias capazes de desenvolver carnes vegetais praticamente idênticas às originais.

Diversos estudos realizados após a pandemia do coronavírus, confirmam que a dieta a base de plantas vem ganhando popularidade, como no relatório da Mintel sobre um estudo conduzido no Reino Unido, em que 25% dos jovens da geração Y disseram que a pandemia tornou a dieta vegana mais atraente.

Outros dados relevantes extraídos nesta pesquisa foram que 12% dos entrevistados informaram que durante a pandemia, começaram a preparar mais alimentos saudáveis em casa, 11% alegaram que orientaram amigos e familiares sobre os impactos da alimentação com carne e derivados e 7% dos participantes da pesquisa demonstraram mais compreensão sobre o sofrimento animal na indústria pecuária.

Em relação ao Brasil, uma enquete mais recente (feita de 22 de setembro a 6 de outubro) chamada “Pesquisa Global Sobre Hábitos Alimentares na Pandemia”, afirma que 45% dos brasileiros disseram que vem ingerindo mais itens à base de plantas e 43% alegaram reduzir o espaço da carne no cardápio. 

A estimativa é que o mercado plant-based cresça surpreendentes 17% em 2021. De acordo com um estudo intitulado “O Covid-19 e o impacto no mercado no mercado plant-based”, este mercado, que antes era avaliado em 3,6 bilhões de dólares no ano de 2020, alcançará o patamar de 4,2 bilhões em 2021, apontado como o Covid-19 o principal impulsionador desse crescimento.

As crescentes preocupações com a saúde, o crescente número de doenças de origem animal e a crescente demanda por rótulos limpos e produtos naturais estão dentre as principais razões dos consumidores ao deixarem a carne de lado e contribuir para impulsionar o crescimento da indústria de carne vegetal durante o período analisado.

 

O HISTÓRICO DE DOENÇAS CAUSADAS PELA EXPLORAÇÃO ANIMAL

Só nos últimos 20 anos, a “Vaca louca”, a Gripe Aviária, a Gripe Suína e o Caso da Carne Bovina com hormônios (1988) foram algumas das grandes ameaças à saúde pública provenientes do consumo de carne e do consumo de produtos de origem animal.

Em um contexto mais amplo, logo após a Primeira Guerra Mundial, o vírus da H1N1 matou quase 50 milhões de pessoas, para depois voltar em uma nova versão em 2009, infectando 1,4 bilhões de pessoas. O vírus da AIDS (HIV-1) tem origem em chimpanzés habitantes do sul de Camarões, e se espalhou pelos caçadores africanos daqueles animais.

 

NOSSO COMPROMETIMENTO

Queremos que a alimentação à base de plantas chegue cada vez mais perto de você. A 100 Foods, preocupada com a saúde das pessoas e com o planeta, vem trabalhando para diminuir cada vez mais os impactos ambientais causados pela produção de alimentos e tornar essa mudança cada vez mais fácil e acessível.

Então por que não lançar o primeiro Frango empanado vegano do Brasil, à base de proteína de ervilha? O Crispy Chicken já está disponível no nosso e-commerce para transformar o seu conceito de alimentação plant-based.

Continue acompanhando nosso blog para saber de todas as novidades e produtos e ajuda a disseminar a alimentação saudável pelo mundo.